TDC 2019
São Paulo
O encontro de comunidades e empresas no Brasil

Trilha Saúde 4.0 A tecnologia transformando como enxergamos a saúde

Diminuindo riscos e aumentando conforto, é possível combinar técnicas, materiais e inovação para melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Ascendente na área da saúde, a impressão 3D e as novas tecnologias trazem grandes contribuições em centros cirúrgicos, salas de aula, laboratórios e agindo diretamente com pacientes em próteses e órteses.

A tecnologia já é algo inerente ao nosso dia a dia. E a inovação segue a todo vapor em todos os campos.

Nesta trilha temos o objetivo de te mostrar essas tecnologias, qual é o futuro dessa indústria e em como estamos impactando a vida de milhares de pessoas ao redor do mundo.

Palestras

Importante: A grade de palestras está sujeita a alterações sem prévio aviso.
Conteúdo
08:00 às 09:00 Credenciamento e recepção dos participantes

Todas as pessoas inscritas, palestrantes, coordenadores e de imprensa, devem retirar seus crachás e kit do congressista nos balcões de credenciamento localizados na entrada do evento, para obterem acesso às salas e Auditório Principal.

09:00 às 10:00 Abertura do evento no Auditório Principal

Após o credenciamento, convidamos os participantes a comparecerem ao auditório para receberem as boas vindas por parte dos realizadores e patrocinadores.

Neste keynote de abertura, todos serão orientados sobre o funcionamento do evento, destaques e outras novidades.

10:10 às 11:00 Como um app está auxiliando a tomada de decisão médica?
Savio Candido Martins / Marcelo Mendes
Diariamente, médicos encaram a realidade de prestar atendimento e têm a responsabilidade de salvar vidas em suas mãos. Hoje o Whitebook ajuda 2/3 dos médicos brasileiros nesta missão. Trata-se de uma solução de apoio à tomada de decisão médica. O app oferece mais de cinco mil conteúdos, de 28 especialidades, para auxiliar os médicos, do diagnóstico à escolha do tratamento. Como esta ferramenta está revolucionando o atendimento médico no Brasil ?
Análise do índice de melanina em neonatos por método não invasivo e sua associação com idade gestacional ao nascimento
Paola Silva
Os escores de maturidade neonatal consideram entre os sinais clínicos avaliados, a textura e a cor da pele. Essas escalas têm usado o tamanho o escurecimento da aréola em torno dos mamilos para marcar características evolutivas da pele, com base na avaliação visual. O índice de melanina é um parâmetro óptico objetivo de avaliação da pele relacionado ao conteúdo de melanina no tecido. O interesse na detecção da prematuridade em cenários de parto apoiado pela fotometria não invasiva por contato é uma nova abordagem, ainda em avaliação. A identificação do RN prematuro é ainda um desafio em muitos cenários de parto, especialmente naqueles com acesso limitado às tecnologias de elevado custo.
11:10 às 12:00 Odontologia Digital: como tecnologias 3D estão mudando o jogo
Daniel Huamani

Aquisições de imagens 3D, planejamentos virtuais e impressão 3D estão mudando o jogo da odontologia, trazendo um nível de previsibilidade e velocidade nunca vistos antes. Nesta apresentação, entenda as principais ferramentas, desafios e casos de sucesso para odontologia digital.

12:00 às 13:00 Intervalo para Almoço
Uma excelente oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem e trocarem ideias, colaboradores, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.
13:10 às 14:00 O Futuro da medição, acompanhamento e prevenção na Medicina
Guilherme Reis
BioHacking e Quantified Self tem se tornado assuntos comuns nas comunidades de saúde, e quantidade de dispositivos existentes para a medição de marcadores de saúde é maior do que nunca, grande parte das empresas tem APIs abertas para integração com diversos tipos de Aplicativos e dispositivos. E que qualquer pessoa pode construir um dispositivo para medir algum marcador de saúde. E como isto pode afetar a vida das pessoas. Vou falar de scanners de macro nutrientes, anel ouraring, Tactio Saude, aplicativo HeartBit que da prêmios para pessoas ativas, Sul América consegue ler dados do fitbit, tactio saúde lê dados de muitos dispositivos. Ë possível utilizar dados de quase todos os dispositivos
Análise de Evolução de Tratamento Fisioterápico: Como acompanhar a evolução de pacientes utilizando uma filmadora.
José Ernesto da Silva Barbosa
Estudos ligados às ciências da saúde são vitais para a evolução dos processos de detecção, acompanhamento e tratamento de doenças. Quer saber mais sobre avanços recentes na área de computação gráfica? Junte-se a esse bate papo e veja como é possível analisar a evolução de um paciente em tratamento fisioterápico utilizando apenas uma câmera filmadora e muita aprendizagem de máquina.
14:10 às 15:00 O IMPACTO DA IMPRESSÃO 3D NA MEDICINA
João Henrique Aurich
As aplicações médicas da Impressão 3D estão se expandindo rapidamente e revolucionando o cuidado e a saúde. Dentre as aplicações médicas da manufatura, destacam-se: fabricação de órgãos e tecidos, criação de próteses customizadas, implantes e modelos anatômicos. Paralelamente além de a impressão 3D ter benefícios como a customização, a personalização e a democratização da manufatura, o baixo custo e a produtividade (velocidade na produção) também representam vantagens importantes. A manufatura aditiva vem sendo aplicada para a produção de ossos, orelhas, exoesqueletos, traqueias, mandíbulas, culturas de células, vasos sanguíneos e redes vasculares, tecidos e órgãos.
Soluções com Processamento de Imagens e Inteligência Artificial para o Auxílio ao Diagnóstico de Exames de Imagem
Daniel Vital

No Brasil são realizados anualmente em torno de 500 milhões de exames imagem médica, gerando uma receita de cerca de 24 bilhões de reais. A alta demanda associada a falta de especialistas, principalmente em regiões afastadas, e limitações de analise visual nos exames dificultam a emissão de laudos de forma rápida e precisa. Assim o uso de métodos de processamentos de imagens médicas juntamente com ferramentas de inteligência artificial vem se tornando a solução ideal para agilizar a realização do diagnóstico. Estas ferramentas visam localizar e evidenciar as anomalias ocasionadas por patologias ou traumas, e consequentemente, auxiliam na identificação, no diagnóstico e no seu acompanhamento.

Técnicas de Engajamento para o Ensino em Saúde
Julio Matos / ALINE RODRIGUES RESER
Mais do que inserir gadgets e sensores no ramo da saúde, precisamos trabalhar o conhecimento de forma humana e empática. Queremos levantar novas possibilidades de interação com usuários e profissionais de saúde, demonstrando como utilizamos elementos de jogos para desenvolver empatia e também o currículo, em disciplinas de Saúde do Idoso em vários cursos na área de Saúde da UFRGS.
15:00 às 15:30 Coffee-break e Networking

Durante o intervalo de coffee-break, serão entregues kits contendo suco e biscoitos. Um delicioso intervalo para relaxar, conhecer novas pessoas e estreitar contatos.

Neste tempo, também surge a oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem entre sí, participantes das trilhas, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.

15:40 às 16:30 O uso da tecnologia na área da saúde para simplificar os processos e facilitar a vida das pessoas.
Edimar Chipil
A tecnologia está mudando radicalmente a percepção das pessoas e os processos na área da saúde. A mobilidade, qualidade da informação inserida e transparência dos processos estão ajudando pessoas a terem experiências digitais fascinante e resultados cada vez melhores através de conceitos, métricas e metodologias que tem sido aplicadas em diversos setores da saúde.
Como a tecnologia vem impactando o atendimento primário na saúde brasileira ?
Wanderson Trindade Vitorino
Na palestra será dado um panorama da tecnologia na saúde primária brasileira. Serão mostrados exemplos de soluções e ferramentas. E demonstrando um case de projetos de atendimento primário e coordenação de cuidado com auxílio da TI no Rio de Janeiro.
16:40 às 17:30 Blockchain no processamento de informações na saúde
Guilherme Berti de Campos Guidi
Enquanto o bitcoin encantou o mundo, a tecnologia que o tornou possível, o blockchain, veio para trazer impacto real na sociedade, inclusive no futuro dos serviços de saúde. Aliando características como o registro seguro de informações, a automatização de arranjos contratuais e a flexibilidade dos modelos de negócio, o blockchain tem um imenso potencial para melhorar a eficiência dos sistemas públicos e privados de saúde, o que inclusive já começou a se concretizar. Quer conhecer como essa mudança está acontecendo e o que mais podemos melhorar usando a tecnologia na Saúde? Venha descobrir!
A criação do primeiro sinal vital digital, brain4care.
Rodrigo Andrade

Como desenvolver um dispositivo médico que acessa um sinal que pode impactar na vida de 1 bilhão de pessoas em menos de 10 anos?

A ideia com essa apresentação é compilar e compartilhar alguns desafios e experiências obtidas durante mais de 12 anos de pesquisa e desenvolvimento e contar porque o sistema da brain4care para monitoramento da pressão intracraniana e da complacência cerebral pode impactar mais de 1 bilhão de pessoas em menos de 10 anos.

17:40 às 18:30 Os avanços e desafios da Bioimpressão de tecidos e órgãos
Janaina Dernowsek
Tecnologias exponenciais, como a impressão 3D, e consequentemente a bioimpressão, serão protagonistas da revolução 4.0 na indústria e na saúde, sendo imprescindível o entendimento dos desafios existentes da área. Um projeto de bioimpressão de tecidos não se resume a fonte celular, biotinta e bioimpressora. Os desafios da área são multifatoriais e multiescalares, e questões biológicas, tecnológicas (software e hardware), químicas, físicas e regulatórias, devem ser abordadas com prudência e responsabilidade.
Arquitetura Orientada a Dados e iPaaS: a reposta para uma verticalização acelerada na indústria da Saúde
Rodrigo Felicio
A verticalização da indústria da saúde é estratégia comum para aumentar fatia de mercado. Com fusões e aquisições como estratégia de negócio, as empresas da área se esforçam para trazer cada vez mais qualidade e agilidade no atendimento ao paciente, além de convergência de dados para maior velocidade na tomada de decisão. Essas ações só podem ser alcançadas pela tecnologia. Essa sessão vai explorar esses temas tendo como pano de fundo um case real.
18:40 às 19:00 Encerramento e Sorteios

No horário de encerramento, todas as trilhas serão direcionadas de suas salas para o Auditório Principal, mesmo local da abertura.

Após a apresentação de resultados do dia, muitos sorteios fecharão o dia.

Data e Local

Quinta-feira, 18 de Julho de 2019

10 às 19h

Universidade Anhembi Morumbi

Rua Casa do Ator, 275
Vila Olímpia | São Paulo - SP

Informações sobre Data e Local


Público Alvo

Entusiastas, Desenvolvedores, Profissionais da Saúde


Investimento

presencial:R$ 290,00

Fazendo sua inscrição presencial, você terá acesso a esta trilha e no mesmo dia também:
TDC Expo: Venha conversar com pessoas e conhecer empresas incríveis.
Trilha Carreiras: Você poderá assistir às palestras da trilha Carreiras do mesmo dia.
Trilha Stadium: Você poderá assistir às palestras da trilha Stadium do mesmo dia.


Palestrantes desta trilha

ALINE RODRIGUES RESER
ALINE RODRIGUES RESER
Funcionaria Pública
Daniel Huamani
Daniel Huamani
3D Criar/3DC Med
Daniel Vital
Daniel Vital
Harpia Health Solutions
Edimar Chipil
Edimar Chipil
HealthChess
Guilherme Berti de Campos Guidi
Guilherme Berti de Campos Guidi
Opice Blum Advogados Associados
Guilherme Reis
Guilherme Reis
AZero Consultoria
Julio  Matos
Julio Matos
Gradium Software & Comunicação
Rodrigo Felicio
Rodrigo Felicio
Oracle do Brasil

Patrocinadores

Diamond





Patrocinios e Apoios Trilha e Workshop


Programa +Diversidade


Atendimento Corporativo


Realização

instituição Parceira

TDC Online