TDC 2019
São Paulo
O encontro de comunidades e empresas no Brasil

Trilha Smart Cities Utilizando a tecnologia na construção de uma cidade mais segura e inclusiva.

O trabalho e pesquisa sobre Smart Cities já é uma realidade em muitas cidades brasileiras.

Com esta trilha queremos fomentar a melhoria da cidade através de ações baseadas em tecnologia.

Queremos promover o encontro de pessoas e grupos de todas as especialidades - com foco em quatro eixos: Empresas, Governo, Ações Civis, e Academia - para divulgar as ações já existentes, para criar e realizar junto ações estruturadas, e para pensar e apontar os caminhos possíveis e as necessidades a serem trabalhadas.

Queremos co-criar soluções tecnológicas para as pessoas que transitam e habitam a cidade, através de serviços baseados na Internet das Coisas, no Movimento Maker, e no Design Centrado no Usuário.

Acreditamos numa cidade pensada e construída por pessoas para as pessoas. Esperamos por você nesta jornada para construirmos soluções que impactem de forma positiva na vida das pessoas.

Palestras

Importante: A grade de palestras está sujeita a alterações sem prévio aviso.
Conteúdo
08:00 às 09:00 Credenciamento e recepção dos participantes

Todas as pessoas inscritas, palestrantes, coordenadores e de imprensa, devem retirar seus crachás e kit do congressista nos balcões de credenciamento localizados na entrada do evento, para obterem acesso às salas e Auditório Principal.

09:00 às 10:00 Abertura do evento no Auditório Principal

Após o credenciamento, convidamos os participantes a comparecerem ao auditório para receberem as boas vindas por parte dos realizadores e patrocinadores.

Neste keynote de abertura, todos serão orientados sobre o funcionamento do evento, destaques e outras novidades.

10:10 às 11:00 As cidades inteligentes estão projetadas para todas as pessoas?
Fabíola Calixto de Souza / Rodrigo Telles

O objetivo da palestra é mostrar cenários para as chamadas "cidades inteligentes" a partir dos resultados de uma pesquisa nacional e discutir aspectos gerais apontados sobre sustentabilidade, qualidade de vida, acessibilidade, mobilidade, inovação e quais os impactos para o mundo dos negócios e para as cidades. Uma Cidade Inteligente usa (TICs) e outros meios para melhorar a habitabilidade, a funcionalidade e a sustentabilidade. Cidades inteligentes são algo que os cidadãos podem ?sintonizar? coletivamente. Elas são interativas, adaptáveis e flexíveis. Tecnologia acessível é aquela utilizável por qualquer pessoa, independentemente da idade ou capacidade.

Smart Cities e Privacidade: entre anonimato e uso responsável de dados
Guilherme Berti de Campos Guidi
O tema de cidades inteligentes é frequentemente associado ao processamento de grandes quantidades de dados como ferramenta para melhorar a gestão de espaços urbanos. O debate, entretanto, pende frequentemente entre críticas sobre o uso excessivo de dados pessoais e invasão de privacidade, por um lado, e a insegurança e possível impunidade trazidas pelo anonimato, de outro. Nesse passo, é essencial que projetos na área saibam decidir em quais situações os dados pessoais são necessários e quando é possível certo nível de anonimato, utilizando certas premissas de análise e ferramentas de privacy by design.
11:10 às 12:00 Evolução de padrões de deslocamento na Região Metropolitana de São Paulo - uma perspectiva de gênero
Haydee Svab

A ideia é abordar questões relativas a análises de comportamento da demanda por transportes jogando luz sobre as questões de gênero utilizando os dados das Pesquisas Origem Destino de 1977, 1987, 1997 e 2007 do Metrô-SP. Foi construído um banco de dados unificado e elaboradas estatísticas usando linguagem R. A partir das análises, foram encontradas diferenças no número total de viagens de homens e mulheres condicionados a diferentes papeis familiares.

Data is mine - Privacidade na era digital. Como Privacidade e Cidades Inteligentes se relacionam?
Marília Nunes Paulino
Estão dizendo por aí que a privacidade morreu. O objetivo da apresentação é trazer diferentes pontos de vistas sobre este debate, entendendo o que significa privacidade no mundo digital e como é importante considerar com cuidado esta questão na construção de soluções que atendam às necessidades da população urbana sem ferir suas liberdades individuais e direitos constitucionais.
12:00 às 13:00 Intervalo para Almoço
Uma excelente oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem e trocarem ideias, colaboradores, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.
13:10 às 14:00 Mapeando a degradação urbana através de imagens
Eric K. Tokuda

Desde os primórdios da civilização o homem já se expressava através de pinturas na parede. Pode-se dizer que a pichação é uma vertente moderna e irreverente desse ato e é caracterizada pela veiculação de nomes e símbolos normalmente feita em locais de visibilidade como paredes e monumentos. Pichações frequentemente são feitas de modo não autorizado, fator pelo qual não são bem vistas por autoridades públicas. Prefeituras de grandes cidades reportam grandes gastos na limpeza das paredes afetadas e criminalizam e combatem o grafite. Nesse trabalho, mostro como é possível mapear as regiões que sofreram pichação na cidade apenas utilizando imagens públicas do Google Street View.

Smart Cities - A caminho de um testbed abstrato
Caio Cordeiro

Seu objetivo principal é a idealização e construção de um TestBed genérico capaz de gerar dados sintéticos para validação de aplicações para cidades inteligentes. Seu intuito é, inicialmente, contextualizar conceitos de aplicações Smart Cities e TestBeds e como um pode contribuir para o outro.

A Tecnologia da Natureza a favor das cidades.
Luciana Murakami

Como podemos usar a expertise que a natureza desenvolveu por milhares de anos para melhorar a qualidade de vida em centros urbanos? É possível trazer uma mini floresta, um mini pantanal e transformar completamente um espaço urbano. Podem as Smarts Cities refazer a conexão da cidade com natureza ?

14:10 às 15:00 Cidade do Amanhã: como a tecnologia pode melhorar a vida das pessoas?
José Police Neto / Fabiano Grisolia
A cada semana, 3 milhões de pessoas no mundo deixam o campo rumo às cidades. Quais são as novas soluções aliadas à tecnologia para garantir a qualidade de vida nos centros urbanos de maneira sustentável e justa? Transporte público, saúde, educação como o poder público pode fazer tudo isso melhor usando inteligência? Isso se agrava quando a gente pensa num poder público que muitas vezes se vê amarrado pela falta de vontade política ou pela falta de mão de obra qualificada. Sem falar na corrupção que drena parte dos recursos. Pensando em propor soluções o Vereador Police Neto criou a Cidade Viva, incubadora de projetos sociais, e promoveu diversas hackathons e eventos para debater a aplicação da tecnologia na gestão das cidades e tentar aproveitar com isso a criatividade e vantagens de se inovar com jovens e startups. Hoje, Police traz para o TDC três projetos que foram destaques nos eventos promovidos pela Cidade Viva: * Extrato Público - Vencedor do Hack in Sampa 2017 * Dbike - Vencedor do Hack'n Bike * Like a Bus - Vencedor do Hack in Sampa 2019
E-gora: Expandindo Cidades Para o Mundo Virtual Para Fortalecer a Democracia
Andre de Oliveira Bueno
Na Grécia antiga, a população escolhia um espaço público para discutir juntos a gestão da cidade (Democracia Direta). Tais locais eram chamados "Agora". No entanto, com o crescimento das cidades, este modelo se tornou inviável, surgindo então a Democracia Representativa, onde a cada X anos votamos para políticos nos representarem. Agora, com a popularização da Internet e dos dispositivos móveis, mais uma vez é possível que todos participem da gerência de sua cidade. Porém, como fazer isso? Como aumentar o engajamento cívico das pessoas? E, mais importante, como usar a tecnologia para suportar tal mudança? Nesta palestra, será apresentado um modelo baseado num experimento de 8 anos.
15:00 às 15:30 Coffee-break e Networking

Durante o intervalo de coffee-break, serão entregues kits contendo suco e biscoitos. Um delicioso intervalo para relaxar, conhecer novas pessoas e estreitar contatos.

Neste tempo, também surge a oportunidade de todas as pessoas no evento interagirem entre sí, participantes das trilhas, empresas patrocinadoras e apoiadoras, palestrantes e coordenadores.

15:40 às 16:30 A Mobilidade Ativa para a garantia da Cidade do Futuro
Meli Malatesta

O futuro das cidades passa pela Mobilidade Ativa. Ela garante a sustentabilidade do planeta. Portanto investir em políticas públicas que priorizem e estimulem o uso dos Modos Ativos, a pé e por bicicleta significa garantir e perpetuar a vida urbana de modo sustentável e com qualidade.

Interface digital aluno escola para identificação da qualidade dos serviços de ensino de escolas públicas
Karine Paz Fagundes Cordeiro
Num mundo em que o celular e a internet praticamente fazem parte do corpo dos nossos adolescentes, porque não utilizar destes recursos para promover o diagnóstico da qualidade dos serviços de educação pública? Nesta palestra mostrarei os resultados da interação de alunos de escolas públicas com um chatbot alinhado a ferramentas de Data Science para identificação da qualidade dos serviços de educação.
16:40 às 17:30 Reconhecimento Facial para pagamentos em transportes públicos
Waslley Souza / Fernando Galdino
A Inteligência Artificial não é uma tecnologia nova, mas hoje em dia com a grande quantidade de dados e com o avanço da capacidade de processamento computacional, uma das suas sub-areas, o Deep Learning, se tornou um dos assuntos mais comentados e pesquisados. Recentemente a China divulgou que pretende utilizar o reconhecimento facial para realização de pagamentos em transportes públicos. Venha saber como o Laboratório de inovação para Setor Público da Oracle do Brasil criou um projeto com a mesma finalidade, incluindo outras tecnologias como o Blockchain.
Aprendendo, desbravando e hackeando Dados Abertos
Lucas de Barros Teixeira
CONVITE especial para hackear os Dados Abertos! Dinâmica extremamente prática e simples para acessarmos os dados disponibilizados em alguns portais. Manipular, gerar insights e até oportunidades de negócios de impacto-social através de um contato mais aprofundado das informações. Não espere por algo cheio de slides com termos confusos, envolva-se e torne-se um 'Hacker Cívico' aprendendo a analisar dados. TUDO utilizando uma ferramenta on-line e free, e fácil manuseio e compreensão.
17:40 às 18:30 Debate
O debate será realizado com os palestrantes da trilha.
18:40 às 19:00 Encerramento e Sorteios

No horário de encerramento, todas as trilhas serão direcionadas de suas salas para o Auditório Principal, mesmo local da abertura.

Após a apresentação de resultados do dia, muitos sorteios fecharão o dia.

Data e Local

Sábado, 20 de Julho de 2019

10 às 19 h

Universidade Anhembi Morumbi

Rua Casa do Ator, 275
Vila Olímpia | São Paulo - SP

Informações sobre Data e Local


Público Alvo

A trilha se destina a pessoas que trabalham ou pesquisam sobre Tecnologia, Inovação, Movimento Maker, Sustentabilidade, Governança, e Infra-estrutura.


Investimento

presencial:R$ 290,00

Fazendo sua inscrição presencial, você terá acesso a esta trilha e no mesmo dia também:
TDC Expo: Venha conversar com pessoas e conhecer empresas incríveis.
Trilha Carreiras: Você poderá assistir às palestras da trilha Carreiras do mesmo dia.
Trilha Stadium: Você poderá assistir às palestras da trilha Stadium do mesmo dia.


Palestrantes desta trilha

Eric K. Tokuda
Eric K. Tokuda
Universidade de São Paulo (USP)
Guilherme Berti de Campos Guidi
Guilherme Berti de Campos Guidi
Opice Blum Advogados Associados
José Police Neto
José Police Neto
Câmara Municipal de São Paulo
Luciana Murakami
Luciana Murakami
Murakami Arquitetura e Construção
Meli Malatesta
Meli Malatesta
Pé de Igualdade

Patrocinadores

Diamond





Patrocinios e Apoios Trilha e Workshop


Programa +Diversidade


Atendimento Corporativo


Realização

instituição Parceira

TDC Online